Como fazer inscrição para o Corpo de Bombeiros

Fazer inscrição para o Corpo de Bombeiros está sendo uma alternativa muito usada por jovens adultos que, buscam na carreira militar, uma saída para a falta de oportunidades profissionais.

É claro que existem aqueles que procuram esta profissão simplesmente pelo amor em ajudar ao próximo e por toda a adrenalina que ela proporciona. Ser um profissional do Corpo de Bombeiros não é uma tarefa das mais fáceis. É uma profissão arriscada, mas gratificante. Nem todos conseguem se sustentar na profissão. Mas aqueles que seguem uma carreira, são categóricos em dizer que jamais escolheriam outra profissão no mundo.

Para se tornar um Bombeiro, é preciso prestar um concurso público e também atender alguns pré-requisitos. Os Concursos costumam ser aberto todos os anos e são organizados pelo próprio estado.

Saiba como fazer inscrição para o Corpo de Bombeiros

Como fazer inscrição para o Corpo de Bombeiros

Se trabalhar como Bombeiro militar é o seu objetivo, então é sempre bom ficar atento nas unidades do seu Estado.

Os concusos são abertos para ingresso como Praça ou então para profissionais da área de saúde e dependem da disponibilidade de vagas. Por isso, podem acontecer anualmente, mas não existe uma data específica.

Também costumam ser oferecidas vagas para Praça em diversas especialidades tais como:

  • Motorista;
  • Mecânico;
  • Músico;
  • Auxiliar de Enfermagem;
  • Atendente de Consultório Dentário;
  • Técnico de Radiologia;
  • Guarda-vidas;
  • Técnico em Emergências Médicas (equivalente ao Paramédico).

Mas, não basta estudar bastante, realizar a inscrição para fazer a prova e ser aprovado no concurso! O profissional que pretende fazer inscrição para o Corpo de Bombeiros também deve preencher alguns requisitos:

  • Ser brasileiro ou brasileira nato(a);
  • Ter concluído o ensino médio (antigo 2º grau);
  • Estar em dia com todas as obrigações do Serviço Militar;
  • Ser reservista, ou seja, ter sido licenciado do serviço ativo, no mínimo no comportamento “Bom”;
  • Não estar respondendo a qualquer processo ou inquérito criminal ou ainda ter sido condenado por crime ou contravenção penal, civil ou militar. Se absolvido, salvo nas hipóteses de insuficiência de provas;
  • Caso seja funcionário ou servidor público, não ter respondido ou estar respondendo a processo administrativo, cujo fundamento possa incompatibilizá-lo com o cargo de Bombeiro Militar;
  • Estar em dia com as obrigações eleitorais;
  • Não apresentar patologia pré-existente, que constitua causa de incapacidade física, mesmo que temporária, ao serviço ativo no Corpo de Bombeiros;
  • Caso seja militar, ter autorização do seu Comandante, Chefe ou Diretor;
  • Estar ainda em perfeitas condições físicas para realização dos testes de aptidão física.

Salário médio de um Bombeiro

Apesar de ser uma profissão das mais difíceis, a remuneração não é considerada das mais altas. Tomando por base o salário médio dos Bombeiros do Estado do Rio de Janeiro, os valores seriam os seguintes:

  • Soltados no 1º ano: R$1.226,94
  • Soltado a partir do 2º ano: R$3.452,55
  • 1º Tenente: R$7.940,78

Estes valores são apenas uma estimativa e podem variar de acordo com o Estado e também o Cargo e tempo de serviço militar.

É possível ver que ser um militar do Corpo de Bombeiros não é uma tarefa das mais fáceis. Mas caso este seja mesmo o seu sonho, o ideal é estudar e se preparar principalmente para as provas de aptidão física, que não fáceis.